Ensino Fundamental

Anos Iniciais - 1º ao 5º ano

A ampliação do universo cultural da criança, o desenvolvimento do ser e do conviver, bem como a formalização das aprendizagens, fazem parte da proposta pedagógica dos anos iniciais do Ensino Fundamental. O currículo privilegia a construção do conhecimento, os espaços, os tempos, os objetivos, as estratégias individuais e coletivas e as relações interpessoais. Os eixos fundamentais do processo de aprendizagem para alunos e professores são a reflexão, o argumento, a participação e a experiências vividas.

Em tempo e espaço articulados para as crianças, o cotidiano revela os conteúdos das dimensões de conviver e do saber fazer de forma integrada nas ações pedagógicas e intervenções docentes. Os projetos interdisciplinares, os enfoques temáticos, as sequências didáticas e as propostas das diferentes áreas do conhecimento são os caminhos para a experiência e para o desenvolvimento de habilidades e competências.

Os primeiros anos comprometem-se com o processo de alfabetização dos alunos num contexto de letramento, envolvendo práticas sociais de leitura e escrita. Os anos finais, complementam esse processo, privilegiando a sistematização das aprendizagens. São parte de toda a formação dos alunos também o desenvolvimento do raciocínio logico, a construção de um olhar histórico, geográfico, científico e ambiental, que se traduz na curiosidade e no pensamento crítico das crianças. Situações de brincadeira e aprendizagem acontecem de forma integrada, favorecendo o desenvolvimento de potencialidades corporais, afetivas, intelectuais, estéticas e éticas.

A alimentação também integra o processo educativo, por isso, a merenda escolar coletiva e a hora da fruta são importantes ferramentas usadas para estimular o desenvolvimento de hábitos alimentares saudáveis.

Anos Finais – 6º ao 9º ano

Além da sólida formação intelectual, o conhecimento é construído por meio de uma abordagem que favorece o desenvolvimento da ética, da capacidade de análise lógica, da crítica construtiva, das habilidades, das competências e das atitudes solidárias, compreendendo o sentido da cidadania. O currículo equilibra o conhecimento científico articulado e contextualizado. Por meio de projetos e metodologias inovadoras, o João XXIII investe no prazer de estudar, nas trocas interativas, na participação, nas descobertas e na capacidade de enfrentar desafios, observando uma postura crítica e reflexiva por meio do diálogo, da argumentação e da pesquisa.